Atividades infantis – dicas para brincar com desenhos e pinturas

Vivemos em um mundo repleto de informações apresentadas com imagens, cores, sons, propriedades e formas que evocam reações, evocam diferentes sensações e cativam nosso olhar. Você já parou para pensar como é esse mundo do ponto de vista de uma criança? Ou você se lembra de como era quando você era criança?

Sumário

Quais são as atividades infantis apropriadas?

atividades infantis

Nós adultos tendemos a segmentar nossas atividades como curtir o ar livre, escrever, assistir a um filme, aprender coisas novas, para as crianças todas as atividades estão interligadas, uma é a continuação da outra.

Nesse sentido, nosso papel como adultos é proporcionar oportunidades de exploração, experimentação e transformação que favoreçam as conexões entre sentir, pensar e agir, bem como espaços, tempos e materiais que estimulem sua criatividade, imaginação e criação e as experiências podem trazer através atividades de lazer que incluam manifestações artísticas e culturais.

As possibilidades que essas atividades possibilitam incluem: desenho, pintura, recorte, colagem, escultura, dança, teatro e música. Neste material apresentaremos algumas formas de trabalhar com desenho e pintura.

Caixa de arte

Como uma sugestão de atividade inicial para possibilitar às crianças o desenho, a pintura e também outras atividades que despertam seu potencial criativo, propomos, dentro de suas possibilidades, dos materiais de que dispõe em casa, a montagem de uma “Caixa de Arte”.

Nessa caixa, poderão colocar materiais como lápis, lápis de cor, giz de cera, canetinhas, borracha, apontador, pincel, régua, tintas, cola, tesoura, papéis diversos, etc. A confecção dessa caixa poderá ser feita com a criança. Você irá providenciar uma caixa de papelão, os materiais acima descritos e convidar a criança para decorá-la, explicando para ela que na caixa encontrará materiais que utilizará para desenhar, pintar e realizar 3 tantas outras atividades artísticas.

Além dos materiais que foram providenciados por você para serem colocados na caixa, a criança também poderá sugerir outros que ela deseja para fazer, sendo importante o acolhimento de suas indicações. A confecção da “Caixa de Arte” será um incentivo para a criança ter suas experiências com a arte e para dar sequência a essas atividades, você poderá ir acrescentando novos materiais, como papeis coloridos, de diferentes tamanhos com ou sem gravuras, massinha de modelar, ou outros materiais, para que se sintam cada vez mais interessadas a participar e realizar as atividades.

13 dicas para crianças fazer desenhos e pinturas

13 dicas para crianças fazer desenhos e pinturas

Além da atividade lúdica de criação da “Caixa de Arte” também apresentamos algumas sugestões que você poderá realizar para que a criança faça seus desenhos e pinturas, como:

  • Colocar um papel grande no chão para que a criança crie livremente desenhos e faça pinturas com lápis, giz de cera, canetinhas, tintas;
  • Pintura com tinta e rolinhos de papel higiênico: coloque a tinta em um prato, depois mergulhe a pontinha do rolo na tinta e carimbe a folha. Para a brincadeira ficar divertida e colorida, poderá dispor de cores variadas de tinta;
  • Pintura com hastes flexíveis (cotonetes): ao invés de pincéis para a pintura com tinta, pode ser utilizado uma haste flexível;
  • Pintura no papelão: além do papel pode ser utilizado o papelão para que façam suas pinturas;
  • Pintura com tinta utilizando as mãos: nem sempre é necessário utilizar pincéis para que a criança faça suas pinturas com tinta, muitas vezes a criança prefere fazer as suas pinturas utilizando suas mãos, os dedos, pois é natural dela querer explorar as texturas e, dependendo de sua faixa etária, ainda tem dificuldades para segurar os pincéis;
  • Pintura com esponja: corte uma esponja em vários pedaços, do tamanho que desejar. Em seguida oriente a criança a umedecer na tinta e pressionar no papel;
  • Decalque de folhas: colha com a criança algumas folhas caídas no chão, e depois proponha a ela para usar as folhas como carimbo, passando tinta e carimbando o papel;
  • Pintura com tinta e um borrifador: coloque tinta e água em um borrifador e depois oriente a criança a utilizá-lo para borrifar a tinta no papel para pintar;
  • Desenho na terra ou areia: convide a criança para fazer desenhos na terra ou areia utilizando o dedo ou também um graveto;
  • Desenho livre ou a partir da observação de algo visto pela criança, de um diálogo que tiveram, de uma brincadeira que participaram ou de uma história que você contou e propôs que ela desenhasse. Para isso, você adulto pode propor alguma situação para ela, convidando-a para que desenhe ou, então, deixar os materiais à disposição para que ela crie de acordo com seu interesse.
  • Para o desenvolvimento destas atividades com as crianças, deve-se sempre ser considerado seu interesse, suas ideias e observações;
  • Devemos sempre acolher com alegria suas produções, fazendo elogios, respeitando suas capacidades e ouvindo o que nos relatam sobre o que fizeram;
  • A produção dos desenhos, pinturas e demais criações artísticas que a criança faz é uma forma de diversão e satisfação que acontecem por meio da brincadeira, mas que tem muito significado e aprendizado.

Atenção! Os materiais usados ​​com crianças devem ser atóxicos porque muitas vezes os colocam na boca ou têm alergias.

Não deixe de conferir as ideias de desenhos fofos no nosso website, imprimir e colorir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.